segunda-feira, 8 de março de 2010

Sabedoria e nobreza não dependem de idade!



Confesso que certas atitudes do ser humano me fazem sentir vergonha de pertencer a essa "raça"...

Mas hoje, fui arrebatado por uma atitude tão linda, que escrevo neste momento emocionado, um tanto perplexo, cheio de orgulho de ser humano e com esperanças de que ainda merecemos a misericórdia de Deus!

A História começou no dia 16 de Janeiro deste ano, quando um adolescente de 16 anos, o Lucas, começou com febre e dor de garganta.



A mãe, Letícia, narra os fatos subsequentes da seguinte forma:

"do dia 16 em diante foram várias idas a emergência do hospital. Suspeitaram de dengue, nem sei por que já que ele nem tinha os principais sintomas, como dor no corpo por exemplo."

No dia 04 de fevereiro, após muitas dúvidas e sofrimento a notícia caiu como uma bomba na vida dessa família. A Letícia narra assim:

"Foi marcada a pulsão de medula no dia 04.02, em outro hospital, e lá fomos nós de ambulância, o procedimento foi feito as 14h, ás 19h ficamos sabendo que havia dado alteração nos exame de medula e o Lucas foi diagnosticado com leucemia mielóide.

Meu chão se abriu minha cabeça deu mil voltas, não queria acreditar no que estava escutando. A médica voltou ao quarto e contou para o Lucas o resultado dos exames. Ele ouviu e depois que ela saiu do quarto ele desabou. Eu? Mesmo atônita sem acreditar ainda no que acabará de ouvir e extremamente abalada, segurei a minha onda e disse, “nós estamos juntos e você vai ficar curado”.


Nesse meio tempo eu fiquei sabendo através de um amigo e mesmo sem conhecer o Lucas me vi envolvido até o mais profundo da minha alma neste caso!

E a guerra estava apenas começando!

Quimioterapia, trombose, ameaça de amputação, dor, um sofrimento indescritível!

Mas o Lucas, a Letícia e o Jorge foram vencendo, e no caminho arrastando uma corrente de admiradores em uma sinergia inexplicável!



E ontem, após muitas vitórias e uma melhora assustadora, o Lucas teve que enfrentar um problema comum a todos que passam por quimioterapia, raspar sua cabeça pois seus cabelos que caiam de forma abundante lhe causavam desconforto!

Como todo adolescente, pediu a mãe que comprasse uma touquinha para esconder a carequinha.
Mas mesmo nesse momento Deus se fez presente na forma de uma menina, amiguinha dele, chamada Taís!

No Dia Internacional da Mulher, não vejo nenhuma representante do sexo feminino na frente dessa menina!

Conforme a própria mãe que presenciou foi assim que aconteceu:

"Aí eu disse: “Lucas, tem uma surpresa para você” e ele, “O que é?” “se eu contar deixa de ser surpresa” rssss...
Abri a porta e disse: “Olha quem está aqui!!”, era a Taís, amiga do Lucas com a cabeça raspada igual a dele. E eu que falei tanto nos ouvidos dela para não chorar perto dele acabei chorando com a reação dele. Ele olhou pra ela, tirou a cabeça do travesseiro para olhar melhor para ela, e com os olhos arregalados, chorava, ria, chorava e ria sem parar incrédulo com a atitude da amiga em apoio a ele. Ela disse: “agora eu quero ver a sua” rsssss ele arrancou a touquinha e nós rimos todos juntos, eu também ria e chorava, nossaaaaaa a Taís quase nos mata. Vocês acreditam que ela raspou a cabeça hoje, pq sabia que ele também rasparia? Disse pra ele que só vai deixar o cabelo dela crescer quando o dele também estiver crescendo."


Isso só o ser humano que é capaz de fazer!
É lindo!
Nos faz sentir orgulhosos e pequenos diante de duas crianças...

Meu Deus, tenho 43 anos de idade e ainda estou emocionado enquanto escrevo!

Não sei se a Letícia vai me processar, mas tinha que colocar a foto desses dois exemplos aqui!

Estão aí, o pequeno guerreiro Lucas e sua amiga maravilhosa Taís!



Ah se o mundo só tivesse Lucas e Taíses, como seria bom!
Fui, não consigo mais escrever nada e acho que nem precisa!

Visitem o Blog do Lucas aqui!

Share/Bookmark
Não serão publicados comentários anônimos, nem ofensivos! Se quiser comentar, mostre sua cara, seja educado e coerente!!

9 comentários:

Bruna disse...

Primo,falar o que ...Como vc mesmo disse, só nos resta agradecer a Deus , pela Tais , pelo Lucas , que papai do céu os abençoe !!!E ao Lucas ,estamos vou aumentar a corrente de orações dele, certa de que Deus vai em muito breve mudar o curso dessa historia e logo, logo, tudo isso vai passar, e o que vai prevalecer nessa historia e a alegria desses rostinhos lindos e solidários.Tais se cada um perdesse 5 minutos do seu tempo pensando um pouquinho no sofrimento do próximo como vc fez certamente o mundo seria melhor , e nesse dia das mulheres,quem apostaria em exemplo maior de mulher do que a Tais ???Linda sua atitude.Grande bjs a todos

sabrina disse...

que exemplo de solidariedade!!e com certeza hj a taís está nos representando como uma mulher de verdade e não uma menina, emocionante mesmo!!

Bento Dutra disse...

Beto..., Fera como sempre.
Parabéns pelo texto,

Saudações bauruenses

abraços
Bento

cinthia disse...

Oi, me emocionei quando li o que a Leticia escreveu, e novamente agora com tuas palavras....
Essa menina Tais deu uma lição à todos. Muito lindo o gesto dela.
Um grande abraço.

Beto Fera disse...

Um grande abraço Cinthia!

Mauro Bandeira disse...

Então Beto Fera , parece que vc é " milico"? Os brutos também choram? Realmente camarada , sou primo da Leticia , e não faço a linha " sentimental" , mas a atitude da Taís me fez sentir uma inveja branca do que é ter uma amizade assim e ter este poder de solidariedade. Vc colocou muito bem " Nós faz sentir pequenos e orgulhosos diante de duas crianças" . Parabéns pelas colocações.
Um abraço!

Beto Fera disse...

É Maurão, guerreiro também chora, já cantava o poeta!
E eu sou um chorão! Principalmente quando me deparo com uma situação em que o ser humano não é motivo de vergonha.
Acho que é o costume de lidar com a escória...
Obrigado pelo elogio e um grande abraço!

Simone disse...

Pois então!

Foi através dos seus comentários lá no blog da Letícia/Lucas que eu cheguei aqui.

Quero te parabenizar pela força, sempre bem humorada, deixada nos comentários lá. Engraçado que desde a primeira vez que te li lá, achei que vocês eram amigos. Até mais ou menos da mesma idade... rsrsrs. E sabendo agora que vc nem o conhece pessoalmente, meus parabéns pra você ficam até maiores!! Muito legal!

Enfim, estamos juntos nessa luta torcendo pela melhora do Lucas o quanto antes.

Bjs pra vocÊ!!

Beto Fera disse...

Valeu Simone!
Um beijão pra você também!
O Lucas é o nome mais falado na minha casa, oramos, torcemos, vibramos...
Eu tenho certeza que Deus ama muito esse guerreirinho, a mãe dele e todos vocês parentes e amigos, pois ele colocou um pouquinho do sentimento Dele (Deus) pelo Lucas no meu coração!
Amo esse menino e choro por ele como se fosse meu filho!
E eu não sou nem bonzinho nem especial, quem faz isso é Deus!
Bijão!

Postar um comentário